8 dicas para você se dar bem no Enem

Sabe aquelas expressões típicas da região? Pois é, umas ganham força com o tempo, algumas acabam se perdendo, caindo em desuso. Mas aqui, no conteúdo de hoje, elas vão dar uma mãozinha para explicarmos melhor algumas dicas que vão te ajudar a se dar bem no Enem.

Bora lá?

 

Ó-lhó-ihó!

1) Sem essa de que vai começar ajojado.

O Enem é o maior processo seletivo do Brasil e o segundo maior do mundo. Quem termina o ensino médio pode fazer as provas, como se fosse um vestibular unificado, que vai permitir você a se candidatar a vagas da maioria das instituições de ensino superior do país – sendo elas, públicas ou privadas. Apesar de algumas terem sistemas exclusivos.

Vamos lá, não fique quieto, com preguiça, encolhido, nem é hora de ficar ajojado.

 

2) Nem vale amarrar a cara, mesmo sabendo que as provas são enormes.

O exame como um todo tem 180 questões.

Elas são separadas em 4 grandes áreas do conhecimento, sendo:

45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;

45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias;

45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

45 questões de Matemática e suas Tecnologias;

E claro, tem a Redação.

Nada de ficar irritado e zangado, desamarre essa cara, vai?

 

3) Calma, o calhau de conteúdo é dividido em 2 dias de prova.

As quase duzentas questões são aplicadas em duas grandes provas, em dois dias diferentes. No 1º dia você vai fazer as provas das seguintes áreas: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias e ainda e a Redação. E no 2º dia, será avaliado as áreas: Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.

Deu para notar que, com a divisão o exame, nem parece uma coisa grande, enorme, né?

 

4) Bota tenco! Atenção porque é importante. Vamos trazer os conteúdos, disciplina por disciplina, para você. Combinado?

Matemática: regra de três, porcentagem, razões e proporções, leitura e interpretação de gráficos, medidas para dados simples e prismas.

Língua Portuguesa: norma culta e coloquial, funções de linguagem e gramática, semântica, morfologia, sintaxe, compreensão e interpretação de texto, gêneros textuais, linguística.

Literatura: figuras de linguagem, movimentos literários: barroco, quinhentismo, modernismo, naturalismo e realismo, obras literárias: principalmente clássicos brasileiros, literatura contemporânea, poesias concretas.

Física: ondas, eletricidade, hidrostática, óptica, calorimetria, usinas / instalações residenciais, mecânica, acústica.

Química: pH e pOH, unidades de concentração, radioatividade, estequiometria, cadeias carbônicas, soluções, eletroquímica, oxidações.

Biologia: genética e mutações, citologia, ecologia e sustentabilidade, problemas ambientais, imunização, evolução, ciclos de carbono, nitrogênio e água.

História (do Brasil): período de escravidão e período colonial, república, regime militar, era Vargas e era populista. (Geral): revolução industrial, período de idade média e moderna, primeira e segunda guerra mundial, nazismo/holocausto e fascismo, guerra fria, liberalismo.

Filosofia e Sociologia: iluminismo, globalização e suas consequências, existencialismo, movimentos sociais, marxismo, contratualismo, cultura de massa, relações de trabalho, pensadores da Grécia antiga.

Geografia: migrações, agricultura brasileira, impactos no meio ambiente, geopolítica mundial, desenvolvimento humano e social, planos e blocos econômicos.

Educação Física e Artes: grafite, esportes, artes marciais, música, obras artísticas, renascimento, cubismo, movimentos artísticos e culturais.

Redação: interpretação textual e produção de texto, com base em um tema atual.

Prestou atenção? Notou aí, que detalhando os assuntos que precisa estudar, dá até um alívio? Assim, pode aproveitar melhor o seu tempo.

 

5) Foca no conteúdo, segue reto toda vida estudando.

Só pare para pequenos descansos, dormir e anotar a programação:

Enem Tradicional: 14 e 17 de janeiro de 2021;

Reaplicação do exame: 15 e 24 de fevereiro de 2021;

Resultados: 29 de março de 2021.

Se seguir em frente e em linha reta, sem se desviar da rota é vitória certa.

 

6) Ah, nessa edição do Enem quebrar os corno não é opção.

Quando estiver chegando próximo ao primeiro dia de prova, você vai receber todas as informações sobre o local de prova. Antes disso você tem que estar atento ao seu cartão de inscrição, confira nele as seguintes informações: modalidade, local, data e horário das provas. Evite quebrar a cara, equivocar-se, neste momento tão determinante.

Sua presença é mais um passo inteligente na construção do seu futuro. E, tomara que seja com a gente, aqui na UniSociesc.

 

7) Em dois toques, vamos te contar como se faz a proposta de intervenção na redação.

Como a redação aborda temas contemporâneos, você deve ter cuidado para a sua proposta de intervenção ser coerente e respeitar os direitos humanos. E mais, os argumentos precisam propor soluções para o problema. Ok? Uma boa dica é identificar mentalmente o seguinte: agente (quem realiza a proposta); ação (do que se trata a proposta); modo ou meio (de que maneira ou por qual meio será realizada); finalidade ou efeito (qual é o objetivo ou o resultado esperado com a proposta); detalhamento (explicação com exemplos práticos).

 

Parece complexo, nem é. Identificados esses 5 elementos no texto inspirador que vem na sua prova, aí, rapidamente, com tudo em mente, você organiza como vai desenvolver a sua redação. Lembrando do título; início/introdução; meio/dissertação e fim/conclusão.

 

8) És um monstro!

Difícil ouvir esse elogio quando se trata da redação. Então, seguem mais dicas. Afinal, a redação vale 20% da sua prova. Se liga, a correção dela é feita competência por competência. Entenda o que não pode errar: fuga total ao tema; desrespeito à estrutura dissertativo-argumentativa; texto pequeno (menos de 7 linhas); cópia da apresentação; fazer desenhos, sinais gráficos ou algo proposital para chamar atenção inapropriadamente; perda do foco; assinatura, nome, apelido ou rubrica fora do local indicado; texto em outra língua; folha em branco, mesmo com rascunho feito.

 

Vem pra UniSociesc, onde você é grande, é melhor, é praticamente invencível: monstro.

 

Ah, aproveite e dá um corre lá na nossa página de cursos.

UniSociesc, você cria e constrói o futuro do jeito e com a sua linguagem.