Biomedicina é o curso certo pra mim? Biomedicina é o curso certo pra mim?

Biomedicina é o curso certo pra mim?

Você é curioso, gosta de ler e de pesquisar? Então, Biomedicina pode ser pra você, sim. O biomédico estuda, identifica e classifica os microrganismos causadores de doenças e pesquisa medicamentos e vacinas. Por isso, além de gostar de ciências biológicas (meio óbvio, né), você precisa ser muito dedicado, analítico e metódico.

Na biomedicina, é pré-requisito não assumir nada como verdade absoluta e ter raciocínio lógico pra analisar os resultados de uma pesquisa. Saber trabalhar em equipe também é fundamental, pois é comum integrar times multidisciplinares, com médicos, farmacêuticos e outros profissionais.

E o mercado para Biomedicina, como vai?

Você se formou biomédico, e agora? Hospitais, clínicas e laboratórios estão à sua espera. As melhores oportunidades para os profissionais da Biomedicina estão nesses locais, com destaque para os laboratórios de análises clínicas e diagnóstico por imagem.

Mas, se análise clínica não é para você, ainda há outras infinitas possibilidades de carreira: Biomedicina Estética, Genética, Toxicologia, Acupuntura. Ao todo, são mais de 30 opções de habilitação e, de maneira geral, para todas elas, o mercado está aquecido, pois a área da saúde, com o crescimento contínuo da expectativa de vida, tem incentivado mais estudos e pesquisas que buscam garantir o bem estar das pessoas.

Para atuar na área, o profissional precisa se registrar no Conselho Regional de Biomedicina. Sobre o salário, no Brasil não existe um piso para os biomédicos, os valores são definidos por sindicatos e variam de acordo com a região do país. Ter especialização e um segundo idioma fazem diferença e ajudam a melhorar o valor.

Curiosidades sobre a carreira

Depois de formado, o biomédico pode escolher entre 35 habilitações. Isso significa que quem fez Biomedicina pode atuar em todas essas áreas? Não! Isso significa que você pode escolher uma dessas opções e habilitar-se para atuar nela. Existem três maneiras de obter as habilitações: durante a graduação, com um estágio curricular mínimo de 500 horas; na pós-graduação, com um curso de, no mínimo, 360 horas; ou com uma prova de título. Para essa última opção, o biomédico deve estar formado há pelo menos três anos e precisa ser filiado à Associação Brasileira de Biomedicina.

Em geral, os alunos de Biomedicina podem fazer duas habilitações ainda durante o curso, podendo atuar nessas áreas já depois da formatura. Mas, vai uma dica aí: fique atento às áreas que você escolher. Estética, por exemplo, está super em alta, no entanto, nessa habilitação, o biomédico concorre a vagas no mercado de trabalho com outros profissionais da saúde, como médicos e fisioterapeutas. Por isso, dê uma pesquisada nas opções com as quais você mais se identifica e não esqueça de avaliar o mercado.

E aí, se identificou? Clique aqui para saber mais sobre o curso de Biomedicina



Inscreva-se