Como montar um perfil legal no LinkedIn

Por Gabi Gonçalo

Co-autora do livro Social Selling 4.0, gerente de marketing da Netshow.me, empreendedora e consultora para empresas de tecnologia e inovação. Em 2018, foi escritora destaque indicada pelo Linkedin Brasil.

O LinkedIn é uma rede social focada em relações profissionais e é cada vez mais importante para quem busca se posicionar no mercado de trabalho. Fundada em 2003, a plataforma foi adquirida pela Microsoft em 2016 pelo valor de US$ 26,2 bilhões. Hoje, está presente em mais de 200 países e já ultrapassou a marca de 600 milhões de usuários.

Esta aderência do mercado ao LinkedIn ressalta não só a importância da rede social, mas também a urgência de se destacar no meio de tantos usuários. Nesta série, compartilharei muitos insights sobre como criar um perfil relevante e usá-lo para obter oportunidades no mercado.

Como escolher uma boa foto de perfil

Você sabia que nem todos os usuários do LinkedIn usam uma foto de perfil? Não é uma boa ideia, afinal de contas isso impacta negativamente na visibilidade de sua página – perfis sem foto são sete vezes menos vistos.

Ou seja, é um detalhe importante e pode-se dizer que o seu cartão de visitas no LinkedIn. Pensando nisso, compartilharei algumas dicas para você escolher a foto do seu perfil:

  1. Evite fotos em preto e branco: por dificultarem o entendimento de alguns detalhes da imagem, evite deste tipo de foto. Com fotos coloridas, você será identificado com mais facilidade.
  2. Foque no seu rosto: como o foco aqui é ser reconhecido, é importante pegar uma foto na qual seu rosto ocupe pelo menos 60% do espaço. Não esqueça de que sua imagem será vista ainda menor na linha do tempo.
  3. Olhe para a câmera: é imprescindível que você olhe para a câmera quando tirar a sua foto. Além de evitar a sensação desagradável de que você não está olhando para os olhos da pessoa, você passará maior segurança.
  4. Não cruze os braços: tenha em mente a importância de passar receptividade na foto. Portanto, não cruze os braços – pode passar a impressão de que você não está disponível para conversar.
  5. Sorria: lembre-se de sorrir na foto a fim de cativar quem a está vendo. Este ponto não se aplica a profissões nas quais é preciso passar uma imagem de seriedade.

Ainda falando sobre questões visuais, não esqueça de dar atenção ao banner. Trata-se daquela faixa no topo do perfil e que pode complementar ainda mais as informações de sua página. Pense nele como uma ferramenta para passar uma mensagem rápida e visual sobre você e a sua oferta. Para isso, use uma imagem de 1584 x 396 pixels.

Escreva um resumo e use sua criatividade

Depois de pensar na parte gráfica do seu perfil, é hora de pensar no conteúdo. Para começar, você deve preencher o resumo. Pense nesta seção como uma carta de apresentação e, portanto, onde você falará sobre suas principais habilidades e conhecimentos – ou seja, como você gera valor às empresas e clientes.

Desta forma, tenha em mente quais os seus objetivos profissionais e escreva um texto que chame a atenção da sua rede de contatos. Pense em palavras-chave da sua área de atuação, motivações e até projetos e premiações relevantes. Como sua formação e experiência já estarão detalhados em outros campos, foque somente no essencial. E não esqueça: use a sua criatividade.

Saiba descrever suas experiências profissionais

O próximo passo é preencher os campos com suas experiências profissionais. Não se limite a colocar o cargo e a empresa – diferentemente do resumo, aqui é onde você precisa dar detalhes!

Mas como descrever cada ocupação? Sempre tenha em mente a importância de valorizar cada experiência e, desta forma, descreva as principais atividades exercidas e responsabilidades neste emprego. Além disso, fale sobre os principais resultados obtidos pelo seu trabalho. Caso você seja freelancer, indique seu cargo e, na descrição, também coloque para quais empresas você prestou serviços.

Tente não encher cada campo de informações. Pense como o contato ou recrutador que lerá seu post. Textos enormes podem não prender tanta atenção e, portanto, é necessário escrever de maneira simples e concisa. Desta forma, seu perfil será mais atrativo.

No próximo artigo, darei alguns insights sobre como utilizar o LinkedIn a fim de construir uma boa rede de contatos para os seus objetivos profissionais e quais os critérios você precisa seguir. Enquanto a postagem não chega, que tal me dizer aqui embaixo o que achou dessas dicas e como elas te ajudaram a melhorar seu perfil?

Este é o primeiro texto de uma série de posts,
continue acompanhando para conferir mais dicas sobre o LinkedIn.