Engenharia Civil é o curso certo pra mim? Engenharia Civil é o curso certo pra mim?

Engenharia Civil é o curso certo pra mim?

Para cursar engenharia é preciso começar gostando de matemática, certo? CERTO! Ainda que o curso exija outras aptidões, a matemáticas e as demais ciências exatas são fundamentais, sim. Mas, a habilidade com números é apenas uma das muitas características de um engenheiro civil. Com a tecnologia ganhando força dentro da profissão, o engenheiro precisa ter capacidade de assimilar e utilizar as ferramentas tecnológicas que facilitam muito o seu dia a dia.

Ter visão sistêmica, facilidade de trabalhar em equipe e boa comunicação também são muito importantes. O profissional precisa entender o projeto, saber argumentar sobre o que pode ser melhorado e ainda conseguir gerenciar equipes multidisciplinares, compostas por especialista de diferentes áreas. Por conta disso, ter capacidade de planejar e administrar podem ser grandes diferenciais na rotina profissional.

E o mercado para Engenharia Civil, como vai? 

A Engenharia Civil figura entre as profissões clássicas, aquelas que os pais sonhavam em ver os filhos formados. E de fato, é uma das mais tradicionais, sendo um dos primeiros cursos do Brasil. Mas, será que toda essa ideia de “profissão dos bem-sucedidos” se confirma no mercado de trabalho? Para tirar essa dúvida, basta andar pelas cidades e estradas do país. Certamente, você verá muitos prédios e casas em construção, muitas obras públicas e privadas sendo realizadas, diversas ruas e vias sendo criadas e revitalizadas. Em todos esses empreendimentos, há o trabalho de um engenheiro civil.

Mesmo com a desaceleração econômica pela qual o Brasil tem passado, a área de Engenharia Civil ainda é bastante promissora, especialmente porque a construção civil é um segmento que nunca para. O aumento do poder aquisitivo das famílias ao longo dos anos, os investimentos públicos e privados em infraestrutura, grandes eventos e obras espalhadas pelo país mantêm a procura pelos profissionais sempre em alta. E o mais interessante, independente da região do país, os engenheiros civis ganham valores similares, ou seja, esses profissionais raramente precisam migrar de um lugar para outro em busca de melhores salários.

E se você já está pronto para entrar no mercado, com diploma na mão, lembre-se que na área de engenharia a atualização é constante e necessária. E se o ramo da construção civil não é bem o que lhe agrada, há oportunidades também na mineração, na indústria de equipamentos e de materiais de construção, na área de telecomunicações, em consultorias. Enfim, possibilidades não faltam e muitas delas podem estar esperando por um profissional recém formado.

Curiosidades sobre a profissão  

Você sabia que o conceito de engenharia está presente desde o início das invenções humanas? Se você está pensando em começar o curso com a gente, fique por dentro de algumas curiosidades:

– Acredita-se que o primeiro engenheiro civil foi Imhotep, um dos funcionários do faraó que projetou e construiu a pirâmide de Djoser;
– A palavra engenheiro só começou a ser usada no século XI e era usava para definir pessoas que criavam invenções engenhosas e práticas;
– O símbolo da Engenharia Civil é a deusa Minerva, conhecida como deusa da sabedoria, das artes e das estratégias de guerra, dentro de uma engrenagem;

Sua jornada pelo universo da Engenharia Civil te espera na UniSociesc: unisociesc.com.br/cursos/engenharia-civil