Está de olho no Prouni? Saiba tudo sobre o programa.

Se você é um vestibulando, o Prouni não deve ser novidade para você. Aliás, pode ser que você esteja louco atrás de uma bolsa de estudos, e sabe que isso vai te ajudar muito a fazer faculdade.

Alguém disse…bolsa?

De qualquer jeito, não custa saber mais, não é mesmo? Vai que você descobre algumas informações bem importantes para começar seu curso na UniSociesc, a instituição que é referência no Sul do país, e ainda ostentar um descontão. Continue neste post!

 

O que é o Prouni, real oficial.

Para começar, acho que rola de explicar melhor o que é isso.

Criado em 2004, o Programa Universidade para Todos (Prouni) é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) que oferece bolsas de estudos integrais ou parciais para estudantes de baixa renda, sem diploma de nível superior. Essas bolsas ficam disponíveis em instituições privadas de ensino superior (tipo a UniSociesc, rá!) para serem usadas nos cursos de graduação.

 

Quem pode participar?

Bom, como já foi mencionado, o programa é voltado para estudantes de baixa renda e outras pessoas que precisam de uma força para pagar a faculdade. Você precisa se encaixar em uma das seguintes categorias:

– Ter cursado todo o ensino médio em alguma escola pública;

– Ser uma pessoa com deficiência (PCD);

– Ser professor da rede pública de ensino.

Além disso, você precisa ter feito pelo menos 450 pontos no Enem (em cada uma das áreas do conhecimento) e não ter zerado a redação do exame.

 

E tem que comprovar isso tudo, cara.

Olha, pode parecer óbvio, mas vale falar: para mostrar que você se enquadra em um dos perfis e que cumpriu os requisitos mínimos, são necessários alguns documentos. E se você vem de escola pública ou é PCD, um passo muito importante é comprovar a renda familiar bruta per capita. Isso é o que vai definir o valor da sua bolsa.

Funciona assim: se o valor dessa renda for inferior a 1,5 salário-mínimo, você pode concorrer a uma bolsa integral de 100%; se o valor ficar entre 1,5 e 3 salários-mínimos, pode conseguir uma bolsa parcial de 50%. É o chamado critério socioeconômico.

Inclusive, a conta da renda familiar bruta per capita não é muito complicada de se fazer. É só somar as rendas individuais de todos que moram na sua casa e depois dividir pelo número de moradores.

Soma, aí divide, depois multiplica… não, pera.

Se você quiser saber mais sobre o critério socioeconômico e os documentos necessários, confira aqui.

 

Comofas para se inscrever nas vagas da UniSociesc?

Antes de tudo, vem a inscrição no Prouni. Ela é feita on-line, no site oficial, e tem todo um cronograma para você seguir. Atenção!

Tô esperto, parça!

Neste ano, as inscrições já começaram e vão até o dia 3 de fevereiro. Separe um tempo bom para preencher o cadastro e fique com seus documentos à vista. Daí, é esperar para saber se foi pré-selecionado.

Depois, o MEC faz duas chamadas: a primeira é no dia 6 de fevereiro; a segunda, no dia 20 desse mesmo mês. Nessas datas, você volta lá no site oficial e confere se está na lista de pré-selecionados.

Achando o seu nome nessa lista, você então corre para se inscrever na – suspense – UniSociesc! Daí em diante, pode deixar que, no tempo certo, os próximos passos vão ser explicados direitinho.

Sim, é muita informação mesmo. Qualquer coisa, nesta página da instituição, tem mais alguns detalhes sobre o processo.

Se o Prouni é para você, não perca tempo, tá? A bolsa na UniSociesc está te esperando!