O que faz um profissional formado em Jogos Digitais?

Tecnólogo vai aprender a desenvolver games com diferentes técnicas, expandindo suas possibilidades dentro do campo na Tecnologia da Informação

Já imaginou passar a faculdade jogando? No tecnólogo de Jogos Digitais oferecido pela UniSociesc Anita Garibaldi você vai jogar muito, mas acima de tudo vai aprender a desenvolver os games. Ou seja, vai jogar, sim, mas essa será também uma forma de estudar.

Com 2.030 horas de duração, divididas em cinco semestres, a graduação em Jogos Digitais habilita o profissional a lidar com plataformas e ferramentas para a criação de jogos digitais, passando por todas as fases. “Ele poderá ser responsável apenas por partes específicas do desenvolvimento ou atuar em todas as etapas, que inclui programação, modelagem 3D, arte 2D, sonorização, design de jogos e design de level”, explica Ricardo José Pfitscher, coordenador dos cursos na área de Tecnologia da Informação da unidade Joinville Anita Garibaldi.

O tecnólogo também poderá atuar na área de desenvolvimento e na gestão de projetos de sistemas de entretenimento digital interativo, seja em rede ou isoladamente. Pfitscher afirma que o universitário vai aprender a desenvolver toda a dinâmica de um game, o contexto em que o personagem se insere, como evolui, e como atrai o jogador.

“Envolve animação, expressão visual, desenho. Tem um pé em animação, em desenvolvimento de softwares, e por isso permite que o profissional atue em outras áreas. Para trabalhar com jogos digitais, o mercado requer um profissional qualificado, precisa ter formação específica. Porém, o profissional que se forma em Sistemas para Internet ou Sistemas de Informação, por exemplo, precisa se especializar muito para trabalhar com jogos, já o de jogos está pronto para este mercado”, esclarece Pfitscher.

O desenvolvimento para plataformas móveis é o mercado promissor dentro do universo de games, tendo em vista que o Brasil é um dos países que mais consomem conteúdos mobile no mundo. Os jogos de realidade aumentada são uma das tendências neste nicho, desde o sucesso de Pokemon Go, em 2017.

O currículo da UniSociesc inclui Unidades Curriculares como computação gráfica e realidade virtual; expressão visual; game design; inteligência artificial; modelagem de software; programação de jogos multiplataforma e engines; programação de soluções computacionais; animação; entre outros.

Laboratório próprio e atletas digitais

Os estudantes de Jogos Digitais contam com uma infraestrutura própria para as atividades práticas no campus Anita Garibaldi da UniSociesc. “É um laboratório exclusivo, com óculos de realidade virtual, mouse e teclado específicos, e máquinas superpotentes para que os alunos possam desenvolver e criar os games”, ressalta o coordenador.

Outro diferencial do curso é o incentivo à formação de times e participação em e-esportes, considerada uma modalidade de jogos eletrônicos. Os times da UniSociesc são: Guardians League of Legends – LOL; Guardians Rainbow Six Siege; e Guardian Heavy Metal Machines.

“Há competições específicas, temos times compostos por alunos de outros cursos. Alguns são atletas profissionais que treinam todos os dias e até recebem bolsas para estudar. Nas competições universitárias, nossos times costumam ter destaque”, diz o coordenador.