UniSociesc Campus Park integra cultura, esporte, inovação e prestação de serviços à comunidade

Duas grandes novidades vão impulsionar a educação em Joinville e no Estado. A partir de janeiro de 2020, a UniSociesc Campus Boa Vista será um Complexo Cultural, Esportivo e de Inovação para alunos, professores, empresários e comunidade. Um dos principais desejos dos joinvilenses será atendido: ter mais opções de cultura e lazer. Para tanto, o Campus Boa Vista evolui e passará a ser o UniSociesc Campus Park. Já o Campus Marquês de Olinda passará por transformações e se tornará ainda mais uma referência de inovação e crescimento colaborativo. Ambas movimentações fazem parte da campanha “Evolução que Acompanha seu Ritmo”.

O Teatro ETT (Escola Técnica Tupy), no UniSociesc Campus Park, oferecerá lazer e entretenimento com peças da Associação Joinvilense de Teatro (Ajote), companhia teatral com a qual a UniSociesc tem parceria, e outros espetáculos que acontecerão no local. Também será feito um resgate histórico com a inauguração do Museu da ETT, um espaço que utilizará tecnologia para contar os mais de 60 anos da instituição, além de homenagear os protagonistas da construção da escola e os que passaram por ela e hoje deixam seu legado na cidade.

No UniSociesc Campus Park a população encontrará equipamentos esportivos da melhor qualidade. O ginásio será a casa oficial das duas equipes de basquete de alto rendimento: Blackstar e Basquete Joinville, ambas patrocinadas pela UniSociesc. O espaço passará por uma série de reformas e a primeira delas será a troca completa do piso. No ginásio, também funcionará a escolinha de basquete do Blackstar, para crianças a partir de seis anos.

“Cultura e esporte são ferramentas importantes para o desenvolvimento educacional, por isso queremos fomentá-los em Joinville. A parceria com a Ajote garante que nosso teatro seja utilizado constantemente e com uma programação de qualidade e nossas parceiras com clubes esportivos e atletas ”, diz Ana Carolina Sarmento, diretora de Marketing da UniSociesc.

Acompanhando o ecossistema catarinense de inovação, que é um dos que mais cresce e se destaca no país, a UniSociesc quer abrigar essa exponencial demanda de startups joinvilenses. Um prédio ficará à disposição dos alunos e empresários locais, que poderão montar suas empresas e desenvolver seus negócios ali. Um espaço coworking que funcionará como uma verdadeira incubadora e aceleradora de startups.

O campus também manterá atendimentos gratuitos ou de baixo custo à comunidade, por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) e da Clínica Veterinária. O NPJ já

atua na negociação, mediação e também em processos judiciais. Os atendimentos ocorrem de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Já a Clínica Veterinária oferecerá aos animais atendimento clínico geral. Todos estes serviços serão prestados por acadêmicos UniSociesc, sob a supervisão dos professores, para que possam experimentar a prática e viver os desafios reais da profissão.

Escola Técnica Tupy (ETT) e Colégio Tupy (COT)

Para conectar a ETT com o que a região precisa, foi criado um Conselho Empresarial, formado por empresários, entidades e autoridades da cidade. Este Conselho tem o propósito de, junto com a UniSociesc, construir um novo modelo de escola, pensado para formar um profissional multidisciplinar, colaborativo, criativo e com habilidade de se integrar ao que o mercado necessita. As aulas dos atuais e novos alunos da ETT serão no UniSociesc Campus Park. O COT acompanha essa evolução e traz uma supernovidade: passa a atuar no Ensino Infantil, recebendo crianças a partir dos quatro anos. Oferece também Ensino Fundamental Integral Bilíngue e no Ensino Médio. No COT, o aluno é protagonista da própria aprendizagem. Ele sonha, faz descobertas, aprende, cresce e desenvolve sua autonomia e senso crítico, por meio de aulas diferenciadas, como robótica, culinária, música e teatro. O COT é reconhecido como primeiro colégio do Brasil a ter jogos eletrônicos no currículo.

UniSociesc Marquês de Olinda, mais inovadora e colaborativa

Também a partir de 2020, todas as áreas do conhecimento estarão na Marquês de Olinda. Os 40 cursos de graduação oferecidos pela UniSociesc funcionarão no mesmo campus.

O prédio, que possui mais de 20 mil metros quadrados, passará por uma reestruturação completa. A estrutura moderna, bonita e bem equipada, será ampliada para oferecer aos universitários as melhores condições para que possam buscar a carreira que sempre sonharam.

Hoje, a Marquês de Olinda já é um espaço universitário referência em termos de estrutura: disponibiliza laboratórios de tecnologia; laboratório iMac; incubadora de projetos e novos negócios; estúdio de TV, rádio e fotografia; laboratório de gastronomia e de bebidas, além de salas de metodologias ativas. Alguns dos destaques do campus são a arena multiuso, com arquibancada e o teatro, locais usados para apresentações musicais, aulas inaugurais, palestras e também para estudo e bate-papo.

Seguindo um conceito de campus sustentável, todo o telhado foi concebido para propiciar o aproveitamento de 100% da água da chuva, utilizada em sanitários e para a irrigação de jardins. O prédio é adaptado para portadores de necessidades especiais.

Confira algumas novidades da Marquês de Olinda:

  • A biblioteca será no terraço, mais tecnológica, com uma vista incrível e um café;
  • Os laboratórios de graduação que funcionam no Boa Vista serão transferidos para a Marquês de Olinda e estarão concentrados por áreas do conhecimento;
  • Clínicas-escolas de Odontologia, Psicologia, Fisioterapia, Enfermagem e Estética & Cosmética;
  • Os universitários contarão também com uma praça de alimentação mais ampla, com novos restaurantes e food trucks;
  • Melhorias na rede wifi, renovação dos equipamentos audiovisuais e dos computadores;
  • Novos espaços de convivência e coworking.

“Pensar na UniSociesc sem a comunidade não faz sentido. Afinal, é a comunidade que estimula a instituição, fomenta as salas de aula e incentiva os alunos a transformarem problemas em soluções. Por isso, é necessário que esse vínculo seja cada vez mais forte”, completa a diretora de Marketing, sobre as transformações nos dois campi, pensados para marcar a educação em Joinville.